Sobre nós

A Parus foi criada com o intuito de  controlar a lagarta do pinheiro (processionária) de uma maneira sustentável. Com o aparecimento da lagarta em grande número, surgiu a necessidade de intervir localmente, colocando caixas-ninhos para chapins. A lagarta, cujos pelos podem provocar reacções alérgicas, tanto a pessoas como animais de estimação, está presente nas zonas com pinheiros e cedros, aparecendo entre Janeiro e Maio.

O chapim é um predador natural da lagarta, o crescimento da sua população terá efeito no número de lagartas existentes. Sendo o chapim uma ave que nidifica em concavidades nas árvores, é a ave que melhor se adapta as caixas-ninhos, com uma taxa de ocupação a rondar os 50%. 

As caixas-ninho, são um ninho artificial em forma de caixa, construída em madeira que tenta reproduzir as condições ideais de uma cavidade natural.
Pode-se colocar-se em paredes de edifícios, postes ou árvores.
Como os locais de nidificação predilectos desta ave, buracos em árvores, nem sempre existem ou não estão disponíveis, a colocação de caixas ninho em árvores ou edifícios nas proximidades de arvoredo é uma solução para o seu repovoamento.